“Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas. E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor.” (Ef 4:10-16)

O poder de Deus

Written by Stefano Mozart on . Posted in Citações, trechos de livros etc

In the regeneration of men, there is a greater demonstration of the power of God than in the very creation of the universe. God created the universe “ex nihilo”, out of nothing. But when He saves a men, He recreates a mass of fallen depravity into a child of God. And there is no human explanation for that, except that this is the Spirit of God, moving through the message of God. That is the gospel. That is the power of God.

— Paul Washer

Na regeneração do homem há uma maior demonstração do poder de Deus do que na própria criação do universo. Deus criou o universo “ex nihilo”, do nada. Mas, quando salva um homem, Ele recria uma massa caída de depravação como um filho de Deus. E não há explicação humana para isso, exceto que isso é o Espírito de Deus movendo-se por meio da mensagem de Deus. Isso é o evangelho. Isso é o poder de Deus.

João 3:16

Written by Stefano Mozart on . Posted in Citações, trechos de livros etc

Nenhuma passagem na Bíblia sustenta com mais poder o imperativo bíblico para anunciar a boa notícia a respeito de Jesus Cristo a todos os pecadores do que essa. Mesmo se o Cristo ressuscitado nunca tivesse dado à igreja a Grande Comissão, João 3.16 seria suficiente para conduzir os crentes a dizer a todo o mundo do grande amor de Deus que ele demonstrou dando seu Filho unigênito, convidando homens e mulheres em todos os lugares a crer em Jesus Cristo para que sejam salvos de perecer.

— Cornelis Venema

 

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”